domingo, 24 de fevereiro de 2008

CRIMINALIDADE “CAI” EM EUNÁPOLIS


Criminalidade X Criminalidade: briga resulta em aparente baixa para o mundo do crime, mas não se iluda... é preciso providências por parte de governos.

Quando criminosos combatem entre si (salvo as balas perdidas) quem ganha é a população, os últimos assassinatos ocorridos na cidade de Eunápolis-BA tirou dezenas de meliantes de circulação o que resultou em menos delitos, os dois primeiros meses do ano de 2008 a cidade apresentou uma queda nos delitos corriqueiros em relação ao mesmo período do ano passado, a causa disto seria a eliminação (que ainda continua) de criminosos por "gangs" que atuam na cidade, as pessoas abatidas em sua totalidade apresentavam envolvimento no mundo das drogas ou simplesmente eram meliantes que furtavam e/ou roubavam para manter o vicio. É aceitável que aconteça assassinatos entre meliantes que vivem no submundo do crime e das drogas mas não podemos ver isto com bons olhos pois o alto índices das ocorrências indica também o elevado grau e grandes dimensões que os meliantes e as drogas tem sobre determinada população que a cada dia alicia mais e mais pessoas, sobretudo jovens. Neste caso que acontece em Eunápolis não requer simples atuação ostensiva por parte da policia, a troca de dirigentes da segurança publica e aparelhamento da policia não resolve o caso já que as drogas virou uma epidemia onde o usuário sem condições financeiras tem que agir criminosamente em busca de saciar o vicio. As autoridades tem que acordar e combater a desigualdade social, investindo em programas sociais que visa educar e tratar os dependentes de drogas, dar condições de renda para população, investir na educação, saúde, moradia são também fatores essenciais para diminuir o consumo das drogas e consequentemente a criminalidade. As cidades de Eunápolis, Porto Seguro e Teixeira de Freitas tem um ritimo de crescimento acelerado, os governos não tem dado a atenção que essas cidades merecem, afinal pagamos impostos de sobra mas o dinheiro raramente é aplicado no seu total, é a criminalidade do colarinho branco que gera a criminalidade de fato, os estados, as prefeitura são empresas mal administradas o que sobra do desvio do dinheiro publico o pouco restante é aplicado de forma indevida. É bastante interessante, ainda com todas essas mazelas são empresas que nunca vão a falência suas arrecadações a cada ano se superam, a realidade da distribuição desta renda é desigual onde os baixos investimentos não acompanham as necessidades da população gerando pobreza, falta de saúde e educação onde impera a criminalidade que nada mais é do que o efeito estufa da desigualdade social desencadeada pela corrupção que assola a politica brasileira.

3 comentários:

Frederico/PortoSeguro disse...

Acho que esta matança tem dedo da policia ou grupo de exterminio, de qualquer forma tomora que continuem assim a cidade fica livre de boa parte desses marginais

Vilma Soares disse...

Nossa é impressionante esta matéria, as autoridades constituidas e principalmente os politicos eleitos para resolveram esta situação são os responsáveis por tudo isto que acontece, será que eles não sabem que esta violência pode voltar contra si próprio ou contra seus familiares, vamos deixar de menter a mão no dinheiro do povo e aplicar onde a população necessita. Tirar dos outros em beneficio próprio pode voltar contra si, vamos pensar nisto porque riqueza sem liberdade não é nada...

Anônimo disse...

Tudo isto que acontece é fruto da robalheira dos politicos, o Brasil inteiro esta assim, mudar os governantes não adianta nada, cada vez que se muda se faz é gastar mais ainda com eleições se não mudar a forma de governar vai ficar sempre assim.